Artigo 299 – Medo x Coragem

“A coragem tem que ser sempre maior do que os medos”
por Marcelo Veras | 23 de jan de 2017
Artigo 299 – Medo x Coragem

(Sônia Hess)

Começar um novo negócio não é fácil. Em nenhum lugar do mundo, ainda mais no Brasil. Muitos querem, poucos conseguem. A maioria, ou não leva a cabo a sua ideia ou desiste na primeira tempestade. Persistir, ter resiliência e acreditar em um sonho é tarefa para poucos.

Nesta última quarta-feira, participei da primeira reunião de 2017 do Comitê de Empreendedores da AMCHAM Campinas. A convidada foi Sônia Hess, filha do seu Duda e da Dona Adelina. Daí o nome da empresa e da célebre marca Dudalina, um caso de sucesso que dá orgulho ao Brasil. Ela, filha do casal e irmã de mais 15 (isso mesmo, a Dona Adelina teve 16 filhos), contou a história da família e da marca. Aliás, a primeira coisa que chamou a atenção de todos foi a sua primeira frase: “Eu não sou palestrante, hoje eu estou palestrante. E o que quero contar para vocês hoje é uma história de amor”. Então começou, de forma clara, direta e muito sincera, a contar a história da marca Dudalina, desde que nasceu no interior de Santa Catarina, até criar a marca própria, deixar de ser apenas fabricante de roupas para terceiros, entrar no varejo, abrir mais de 100 lojas e virar um ícone no setor. Uma história muito bonita, recheada de desafios e com muitos ensinamentos.

Saí dali com muitos aprendizados. Alguns que já tinha e que ratifiquei, outros novos ou apresentados com outra lente de análise. Como sempre digo aos meus alunos, sempre temos algo novo a aprender. Por isso não perco oportunidades de ouvir histórias como a da Sônia.

Resolvi escrever o que foi, para mim, o maior legado dessa noite. Ele se resume em uma frase, dita pela Sônia ao final da sua fala: . Mais uma para a minha coleção. Frase perfeita, direta, inteligente. Quem já, ao longo da carreira, promoveu uma grande mudança, seja de empresa, de setor, de área de atuação, ou quem já abriu o seu próprio negócio e colocou tudo o que tinha nele, sabe muito bem o que essa frase significa. O medo é um sentimento muito valioso. Aliás, sem o medo nós não sobreviveríamos. É ele nos dá cautela, responsabilidade e atenção. Ou seja, o medo é útil, sempre foi e sempre será. Quem não tem medo não merece confiança. Quem diz que não tem medo de nada ou é mentiroso ou irresponsável. Entretanto, quando administramos a nossa carreira, seja ela como empregado ou empresário, o medo nunca, nunca, pode ser maior do que a coragem. E essa foi uma das lições que a história de sucesso da Sônia, como empresária e presidente da empresa por muitos anos, quis deixar.

Não teria espaço aqui, mas três exemplos que ela contou materializam o que isso quer dizer. Vou contar de forma bem resumida três das suas atitudes, como presidente da empresa, que, para muitos, pareceriam loucura.

  1. Aceitou um convite para estudar moda na Espanha sem falar uma palavra em espanhol;
  2. Aceitou um convite para ser jurada de um prêmio internacional sem falar uma palavra em inglês;
  3. Decidiu entrar para o varejo e abrir lojas, acreditando na sua intuição, sem grandes experiências no setor.

Cada um dos fatos acima, quando contados por ela, geraram caras de espanto e algumas gargalhadas. Mas o fato é que, com medo ou sem medo, ela foi. Enfiou a cara e fez. E disse com todas as letras: “Eu tive medo, mas a coragem era maior”.

É isso, hoje lhe deixou a seguinte pergunta: Quem está no comando da sua vida e da sua carreira? O medo ou a coragem? Até o próximo.

por Marcelo Veras
compartilhar