Artigo 382 – Ditados e sua carreira – Empatia

“Pimenta nos olhos dos outros é refresco”

 

Já escrevi muito sobre esta competência, mas não me canso de revistá-la, ainda mais nesta série “Ditados e sua carreira”, onde ela nos traz mais uma pérola – “Pimenta nos olhos dos outros é refresco”.

A verdade nua e crua é que esta é, na minha visão, a competência que tem o maior poder de mudar o mundo. Digo e repito isso em todas as minhas aulas de planejamento de carreira quando estamos tratando dela. Hoje reconhecida mundialmente como uma competência comportamental valiosíssima e valorizadíssima, a empatia é a arma mais poderosa que podemos ter nas mãos, tanto para alavancar a nossa carreira, como para mudar o mundo. Ah, se todos tivessem a dose certa dela! O mundo seria bem diferente! Digo também sempre que se eu fosse o “presidente do mundo” e tivesse um poder supremo, colocaria esta competência na grade curricular de todos os habitantes do planeta a partir da educação básica e em todas as séries subsequentes, até o ensino superior. Garanto que resolveríamos 80% dos problemas do planeta em uma ou duas décadas.

Na dimensão profissional, ela se define com base em três habilidades:

1- É um bom ouvinte;

2 – Consegue se colocar no lugar do outro, entendendo com profundidade e compartilhando a sua dor ou alegria;

3 – Ao tomar decisões em relação a outras pessoas, tem plena consciência dos seus impactos sobre elas.

O texto é claro e direto. Não tem entrelinhas, metáforas ou mensagens subliminares. Aliás, esta competência não deixa dúvidas sobre para que ela serve e qual é o impacto quando a usamos sem economias. Entender a perspectiva do outro de forma profunda e genuína, e considerar isso ao tomar decisões que afetem outras pessoas, é algo mágico e transformador.

E se você acha que isso é coisa de sonhador, releia a série que escrevi aqui sobre uma pesquisa mundial que levantou as competências mais valorizadas na próxima década. Ela está lá!

Como observador compulsivo do mundo do trabalho e das competências, sei bem aonde um profissional com forte empatia consegue chegar. Conheço casos reais de pessoas que, através de uma forte empatia, conseguiram criar uma verdadeira rede de apoio entre pares, superiores e subordinados, que o impulsionaram de forma muito forte rumo aos seus objetivos. Ter empatia significa receber de volta, às vezes em dobro, aquilo que fazemos de bom a outros. Sem ela, não é possível e só damos “bola fora”. Somente através de uma forte empatia conseguimos impactar pessoas de forma construtiva.

Pois hoje aqui, nesta sequência da série “Ditados e sua carreira”, fica mais um ditado popular, que atravessa décadas e séculos e nos deixa um convite para desenvolver uma competência poderosa e que transforma o ambiente onde é usada. Embarque nessa. Leia mais, procure pessoas que a tem, aproxime-se delas e aprenda com elas. Se você cavar um pouquinho, verá que as pessoas que mais crescem são aquelas que mais usam a empatia. Até o próximo.